Depois de passar alguns dias em Dubai e descobrir as maravilhas sobre os milhares de tipos de tâmaras encontradas por lá, resolvi fazer um post falando um pouquinho sobre essa delícia.

Bolo de maçã, coco e tâmaras
Divulgação
Bolo de maçã, coco e tâmaras

A tamareira é uma palmeira extensivamente cultivada pelos seus frutos comestíveis, as tâmaras. Pelo fato de ser cultivada há milênios, a sua área natural de distribuição é desconhecida, mas seria originária dos oásis da zona desértica do norte de África, embora haja quem admita uma origem no sudoeste da Ásia. É uma palmeira de média dimensão, de 15 a 25 m de altura, por vezes surgindo em touceira, com vários espiques (caule da palmeira) partilhando o mesmo sistema radicular, mas em geral crescendo isolada. As folhas são frondes pinadas, com até 3 m de comprimento, com pecíolo espinhoso e cerca de 150 folíolos. Cada folíolo tem cerca de 30 cm de comprimento e 2 cm de largura.

Existe um ditado árabe que diz: “Quem planta tâmaras, não colhe tâmaras!”. Isso porque, na época a tamareira demorava de 80 a 100 anos para dar frutos, com a tecnologia o tempo é menor.
Agora vamos a uma receita deliciosa recheada de tâmaras!

Ingredientes:

1 xícara (chá) de água
1 xícara (chá) de tâmaras sem caroço picadas
1 xícara (chá) de farinha de arroz
¼ xícara (chá) de farinha de castanha de caju
¾ colher (chá) de fermento em pó
1 pitada de sal
½ xícara (chá) de óleo de coco (usei líquido)
1 ovo
1 xícara (chá) de açúcar de coco (pode substituir por açúcar normal)
1 colher (chá) de extrato de baunilha
½ xícara (chá) de coco ralado (usei sem açúcar)
2 maçãs sem casca picadas
Pré aqueça o forno a 170°C.

Leve ao fogo a tâmara com a água. Após ferver, abaixe o fogo e cozinhe por 5 minutos. Junte o bicarbonato e retire do fogo (a mistura vai espumar). Mexa por 1 minuto e reserve até que esteja a temperatura ambiente.

Numa batedeira (velocidade média) bata o óleo de coco e o açúcar por 1 minuto. Acrescente o ovo e bata mais 1 minuto. Acrescente a baunilha e o rum e bata até incorporar. Adicione a mistura de tâmaras e em seguida o coco ralado. Por fim, adicione as farinhas, o fermento e o sal e bata rapidamente até incorporar. Acrescente as maçãs picadas com colher de pau ou espátula.

Despeje a massa em forma 18 cm untada com óleo de coco (usei uma forma de 20 cm, por isso, meu bolo não ficou tão alto) e leve ao forno por cerca de 1h, até que ao espetar o centro do bolo com palito ele saia seco (pode sair um pouco de farelo de bolo, mas não massa líquida). Desenforme após 30 minutos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.