Tamanho do texto

A CERVEJA GANHOU SABORES INUSITADOS; SAIBA ESCOLHER E APRECIAR CORRETAMENTE A QUE MAIS COMBINA COM O SEU PALADAR

Paixão Nacional
Divulgação
Paixão Nacional

O gosto do brasileiro mudou, principalmente com a cerveja, uma paixão que virou estilo de vida. O que era apenas uma forma de curtir entre amigos com a famosa Pielsen a tiracolo (a favorita por aqui), hoje ficou mais acessível graças aos outros rótulos disponíveis nas prateleiras dos supermercados. O cargo de mestre cervejeiro e os restaurantes bacanas que fazem a harmonização da bebida também ajudaram a transformar o hábito em um hit da temporada.

Em números, segundo a pesquisa feita pela Fundação Getúlio Vargas para a Associação Brasileira da Indústria da Cerveja, trata-se de um mercado que movimenta R$ 74 bilhões ao ano, o que corresponde a 1,6% do PIB nacional.

A turbinada no setor repercutiu nos produtores locais e nas cervejarias artesanais, que cresceram em ritmo acelerado. Mas com tantos títulos disponíveis para o consumo, é importante entender as nomenclaturas estampadas nas garrafas. Por isso, o sommelier de cervejas e chef do restô curitibano Simples Assim, Guilherme De Rosso, dá algumas dicas de como apreciar corretamente a “breja”. Primeiro é preciso escolher o que agrada o paladar – no rótulo há dicas sobre a bebida. Depois, cada cerveja tem uma temperatura certa que muda conforme sua composição. Uma stout pede temperatura média de 12°C, enquanto a pilsen varia entre 4°C e 6°C. “Esse cuidado faz com que os aromas essenciais sejam valorizados, fazendo com que a pessoa consiga sentir tudo o que a bebida tem”, afirma Rosso

O copo também é outro fator determinante para que a experiência seja completa. “O design do copo ajuda na melhor formação da espuma e na captação dos aromas dependendo da cerveja que será servida”, conta. O armazenamento também precisa de atenção. Garrafas com tampas metálicas precisam ser guardadas em pé, longe da luz solar. “E quando colocá-la para refrigerar, o ideal é só retirá-la apenas quando for consumir. No momento da degustação, comece pelo visual. Admire a cor e a formação da espuma para depois sentir as fragrâncias. Por último, aprecie o paladar”, orienta Guilherme.

Quer aproveitar essas dicas no Shopping Center Norte? A Cervejaria Munique e o Empório Vignamazzi possuem diversos rótulos para você escolher.

LOMBO AO MOLHO DE CERVEJA

Lombo ao molho de cerveja
Divulgação
Lombo ao molho de cerveja

RENDIMENTO: 8 pessoas

TEMPO DE PREPARO: 2h30 minutos

GRAU DE DIFICULDADE: médio

INGREDIENTES

1 Lombo Temperado Molho de Cerveja

1 xícara (chá) de cerveja

1 xícara (chá) de suco de laranja

1 colher (sopa) de farinha de trigo

1 xícara (chá) de água 

MODO DE PREPARO

Descongele o lombo de acordo com as instruções da embalagem e coloque-o em uma assadeira.

Misture a cerveja com o suco de laranja e regue o lombo com metade dessa mistura. Pré-aqueça o forno a 200°C por oito minutos. Cubra o lombo com papel-alumínio e leve para assar por aproximadamente 50 minutos. Retire o papelalumínio e deixe dourar por mais 30 minutos, regando com o restante da mistura de cerveja e suco de laranja. Retire do forno, espere amornar, transfira para uma travessa e reserve.

Na assadeira em que foi assado o lombo, adicione a farinha de trigo dissolvida em água e deixe engrossar, soltando as crostas da assadeira. Fatie o lombo, regue com o molho e enfeite com as fatias de limão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.