Tamanho do texto

Já parou para pensar em como é vasto o vocabulário de moda? Em quantos termos e nomenclaturas ele abrange? E que, na verdade, ele vai muito além de tecidos, peças de roupas, costura e modelagem?

Dicionário de Moda #LeiturasObrigatórias
Divulgação
Dicionário de Moda #LeiturasObrigatórias

É com base nesses questionamentos, que o #LeiturasObrigatórias de hoje indica o livro “ Dicionário de Moda ” das autoras Emily Angus , Macushla Baudis e Philippa Woodcock .

 Com mais de 800 definições, o livro se encarrega de apresentar desde os termos mais conhecidos desse universo até movimentos artísticos, sociais e políticos, que influenciaram estilos e tendências do mundo da moda, peças de roupa que vão desde o Egito Antigo até os dias atuais, como as roupas são construídas e costuradas e personagens principais desse cenário, como estilistas, modelos, além de artistas da música, cinema e pintura.

 Dividido em 4 capítulos principais as autoras abordam: terminologias da moda no primeiro capítulo, estilos e vestimentas no segundo, design, alfaiataria e costura no terceiro e tecidos e ornamentos no quarto. No final do livro, se encontram também: um glossário de utensílios de costura e um índice por assunto que possibilita o leitor a encontrar, ao longo das 352 páginas, palavras chave e termos que se relacionam com aquilo que ele deseja.

 As autoras começam cada capítulo com uma nova introdução que situa o leitor do que será abordado e apresentam textos e definições extremamente simples e rápidas de entender, além de contar com imagens, fotografias, ilustrações e pinturas que ilustram perfeitamente os temas abordados, de forma a inserir o leitor nesse universo e exemplificar e esclarecer os vocábulos.

 Em “ Terminologia da Moda ”, por exemplo, temos todos os estilos e movimentos que fizeram e fazem parte da moda, da arte, da música e da cultura em geral. Aqui são apresentados e explicados termos como o “ New Look ”: estilo criado por Dior em 1947, “ Cubismo ”: estilo de arte marcado pela representação em formas geométricas, “melindrosa” estilo da moda de 1920, “ Disco ”: fusão de ritmos latinos, soul e funk com um toque de música eletrônica... além de citar os diversos tipos de silhuetas, como a linha império, inspirada nos trajes da Antiguidade e popularizada pela imperatriz francesa Josefina.

A melhor parte do livro talvez seja o fato de as autoras correlacionarem a moda com diversos outros segmentos da sociedade e construírem um panorama bastante completo que abrange desde como esses segmentos se conectam e interligam, até a história da moda como um todo e sua evolução ao longo dos anos.

 Dentre tantos dicionários de moda que temos disponíveis hoje, esse se destaca pela sua construção simples e ao mesmo tempo completa, se tornando um guia de consulta para palavras chave e um livro essencial para quem quer mais que apenas definições, mas sim, entender de fato esse universo gigantesco que é o da moda e tudo aquilo que ele engloba.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.