Tamanho do texto

Inhotim é considerado o melhor Museo a céu aberto do mapa. Hora de arrumar as malas e descobrir essa maravilha das artes.

Fora do circuito tradicional do mecenato brasileiro, um dos espaços culturais mais interessantes do País já se tornou parada obrigatória para quem curte arte. Idealizado pelo empresário mineiro Bernardo de Mello Paz, o Instituto Inhotim começou a ser esboçado ainda nos anos 1980, mas só saiu do papel duas décadas mais tarde. A propriedade localizada no Vale do Paraopeba, na pequenina Brumadinho, exibe coleção paisagística de espécies raras e um dos centros especializados em arte contemporânea, com acervos dispostos para a realização de atividades educativas e sociais, mais completos do globo.

Inaugurado para o público em 2005, o espaço oferece tour guiado especialmente pensado para estudantes, comunidade e pesquisadores. Em seus jardins constam 181 famílias botânicas, 953 gêneros e mais de 4.200 espécies de plantas vasculares. Para manter a singularidade dos arredores, o projeto valorizou os padrões estéticos ao estilo de Burle Marx a fim de sensibilizar os visitantes sobre a importância de preservar a biodiversidade.

No layout original de Inhotim, os pavilhões internos e as galerias outdoors estão tomados por telas, instalações e esculturas que revelam um novo modelo de apreciação. Por ali, o espectador é convidado a percorrer cada trecho com o máximo de interatividade. Além da vasta coletânea que ostenta obras de 85 artistas, como Marepe, Luiz Zerbini, Miguel Rio Branco, Chris Burden, Alessandro Pessoli, Juan Araújo, entre outros, as mostras permanentes contam com nomes como Carroll Dunham, Georges Bures Miller, Doris Salcedo, Tunga, Cildo Meirelles, Adriana Varejão e Lygia Pape. As ações periódicas que incluem leituras temáticas do acervo e recortes monográficos também merecem a atenção dos transeuntes.

O destino é perfeito para o fim de semana em família ou apenas para esticar uma temporada romântica – está a pouco mais de seis horas de carro (520 quilômetros saindo de São Paulo), e tem excelentes opções de gastronomia e de hospedagem tanto em Belo Horizonte como em Brumadinho e região. Entre os endereços mais bacanas, destacam-se a Estalagem do Mirante ( www. estalagemdomirante.com.br ), que tem chalés integrados à natureza e com skyline panorâmico, e a Pousada Dona Carmita ( www.pousadadonacarmita.com.br ), cujas acomodações debruçadas sobre o lago traduzem o espírito aventureiro com boas pitadas de sofisticação. Enfim, um programa descolado e com tudo para arrebatar corações.

Inhotim é considerado o melhor Museo a céu aberto do mapa.
Divulgação
Inhotim é considerado o melhor Museo a céu aberto do mapa.

Visitação

De terça-feira a domingo, das 10h às 16h. 

Ingresso: R$ 40 (quarta-feira é gratuito). 

Fechado às segundas-feiras.

Saiba mais:  www.inhotim.org.br

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.