Tamanho do texto

A #FilmesObrigatórios de hoje fica por conta de um dos filmes mais aguardados do ano, sucesso de bilheteria e o já considerado filme mais fashion de 2018!

Ocean’s 8.
Divulgação
Ocean’s 8.

Com um cast composto por grandes atrizes, com história derivada do sucesso “Onze Homens e Um Segredo” (Ocean's Eleven, 2001) e com os looks mais incríveis ever desfilados pelas personagens, “Oito Mulheres e Um Segredo” (Ocean’s Eight, 2018), é tema da coluna!

Dirigido por Gary Ross, o filme conta a história de Debbie Ocean (Sandra Bullock), irmã de Danny Ocean (personagem de George Clooney nas versões anteriores dos filmes) que recém-saída da prisão planeja executar o assalto do século, em pleno Met Gala, em Nova York: roubar um colar de diamantes da Cartier no valor de US$ 150 milhões. O plano é convencer a joalheria a emprestá-lo para que a estrela de Hollywood, Daphne Kluger (Anne Hathaway) use a joia no badalado evento de moda. Para isso, Debbie conta com o apoio de um squad de poder: sua ex-partner in crime Lou (Cate Blanchett), Nine Ball (Rihanna), Amita (Mindy Kaling), Constance (Awkwafina), Rose (Helena Bonham Carter) e Tammy (Sarah Pulson).

O figurino das personagens, essencial para todo o desenrolar da história, foi pensado pela costume designer Sarah Edwards. É muito interessante ver como cada personagem tem uma construção tão individual e tão incrível. Talvez uma das construções de estilo mais legais do filme, seja a de Lou, personagem interpretada por Cate Blanchett. Com uma pegada bem rock’n’roll, genderless e cheia de referências aos 70s, Sarah contou ao site Fashionista que para compor seu visual, ela escolheu looks inspirados pelo ícone do rock Keith Richards, e que os terninhos (marca-registrada) de Lou vieram todos de cortesia da Burberry!

Para a personagem de Anne Hathaway, foram tiradas inspirações de grandes atrizes dos filmes mais antigos e clássicos, como Elizabeth Taylor. Helena Bonham Carter interpreta uma estilista bastante excêntrica que por sua vez, teve styling inspirado em Vivienne Westwood.

Vale ressaltar toda a ajuda das grandes marcas que Sarah recebeu para o filme: Givenchy, Alberta Ferretti, Zac Posen, Valentino, Dolce & Gabbana, Naeem Khan, Prada, Jonathan Simkhai foram algumas das labels que emprestaram looks para as personagens!

Estilo de Lou, personagem de Cate Blanchett, marcado pelo uso de muitos terninhos.
Divulgação
Estilo de Lou, personagem de Cate Blanchett, marcado pelo uso de muitos terninhos.

E o colar da Cartier, que tanto se fala no filme e que é peça fundamental na história? Conhecido como “Toussaint”, a peça é resultado de um trabalho intenso de oito semanas realizado nas joalherias da marca em Paris, e ela é na verdade inspirada em uma peça lá da década de 1930. A original, foi desenhada em 1931 pelo próprio Jacques Cartier para o Maharaja de Nawanagar, e era descrita como “a melhor cascata de diamantes coloridos do mundo”, e “uma excelente realização do sonho de um conhecedor”. O nome “Jeanne Toussaint”, é um tributo a diretor criativa da marca, que foi essencial para criação da identidade da Maison naquela década.  

A peça do filme foi inclusive feita sob medida para Anne Hathaway, mas ao contrário do esperado, ela não foi feita de diamantes, mas sim, feita com óxidos de zircônio, um material natural e montada em ouro branco!

Sobre trabalhar com uma das joalheiras mais respeitadas de todas, Sarah ainda disse: “Foi incrível – Cartier foi tão incrível para nós e nos emprestou tantas joias e abriu seus cofres e seus arquivos e enviou pessoas de todo o mundo - dos diferentes arquivos e escritórios - para nos emprestar joias”.

Como parceira exclusiva de joias do filme, a Cartier ainda esteve presente durante as filmagens da cena do roubo no Metropolitan Museum. Durante cinco noites consecutivas, as joias foram emprestadas para quem aparecesse (como Kim Kardashian, Kendall Jenner e Zayn Malik que fazem aparições relâmpago no filme) com peças que iam da coleção Cartier (peças clássicas e mais antigas) até as atuais joias e relógios. Durante dois dias, a Cartier Mansion de Nova York foi convertida de loja para cenário de cinema, (a loja da 52nd Street funciona como o cenário de duas grandes cenas).

O “Toussaint”.
Divulgação
O “Toussaint”.

Com muitas referências de moda, arte e do mundo das celebs, o filme, com seu all-girls cast, é filme obrigatório! Vale assistir uma, duas, três, quantas vezes for possível! E cada vez perceber o figurino de uma personagem diferente, porque todas elas têm um estilo muito único e muito bem construído, o que faz com que o filme seja ainda mais especial!

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.