Tamanho do texto

Com apenas 25 anos, ela já estudou moda, teatro, ingressou na conceituada Rede Globo e se casou com um dos atores mais cobiçados do momento, Bruno Gagliasso. Você acha que ela tem sorte? Pode ser, mas junto estão garra e determinação.

Giovanna Ewbank
Divulgação
Giovanna Ewbank

Nascida na capital paulista, ela teve uma infância saudável, não ligava para vaidade e passava a maior parte do tempo brincando de boneca. Esse tempo foi tão intenso que ela se diverte quando lembra que só largou a infância com quinze anos “Minha infância foi maravilhosa, aproveitei ao máximo tudo o que pude. Brinquei de boneca até os 15 anos (um pouco tarde demais, hehe), não tinha vaidade nenhuma, fui a última da minha turma a me maquiar, beijar, me relacionar, eu gostava mesmo era de brincar!” , relembra a atriz. Filha de um arquiteto e de uma designer têxtil, herdou da mãe a paixão pelo mundo das passarelas, área esta que pretendia seguir, ingressando na faculdade de Moda. O teatro surgiu para que ela pudesse perder a timidez: “Eu nunca tive o desejo de ser atriz, as coisas foram acontecendo de uma maneira muito natural, eu fazia faculdade de Moda e, desde os 16 anos, faço cursos de teatro, pois sempre fui muito tímida e o teatro me ajudou muito como pessoa, como ser humano. Comecei a ter uma relação diferente do que eu tinha com as pessoas, vê-las de maneira diferente, ENXERGÁ-LAS! Eu fui me interessando cada vez mais por arte e procurava entender e aprender. Depois de um tempo, começaram a surgir algumas oportunidades de testes e trabalhos, como foi o caso do meu primeiro trabalho na televisão” , conta.

E o primeiro trabalho, a personagem Marcinha de “Malhação” (2006) a fez largar a faculdade e se mudar para o Rio de Janeiro. Dois anos depois, Giovanna já estava no horário nobre da Rede Globo como a garota de programa Sharon da novela “A Favorita”. Em 2009, integrou o núcleo de apresentadores do programa infantil de desenhos animados TV Globinho, mas logo precisou sair para dar vida à personagem Suely, na novela “Escrito nas Estrelas”. Este ano, ela estará no “Acampamento de Férias” , especial de Renato Aragão que vai ao ar no segundo semestre.

Entre eventos, fotos e gravações, Giovanna conseguiu um tempo para bater um papo exclusivo com a equipe da InfoGente. Confira:

InfoGente: Antes da paixão por moda e televisão, você imaginou seguir outra profissão?

Giovanna Ewbank: Sim! A princípio, sempre quis ser veterinária, pois gosto muito de animais, estou sempre pegando animais de rua para cuidar e doar, ajudo ONGs, mas não tive coragem o bastante de seguir essa carreira tão maravilhosa, pois fico muito mal em ver animais sofrendo, então decidi fazer faculdade de Moda.

IG: A cidade de São Paulo é bem diferente do Rio de Janeiro. Como foi o processo de adaptação?

G. E.: Muito fácil. Apesar de ser paulistana, sempre gostei muito de praia, natureza... todos os fins de semana, eu passava na minha casa na Praia da Baleia (Litoral Norte). Amo o contato com a natureza, preciso disso para viver. Por isso, foi muito fácil.

IG: Sente falta de Sampa?

G. E.: Algumas coisas sim e outras, não. Como, por exemplo, a cidade funcionar 24 horas por dia, você sempre tem alguma coisa pra fazer, um bom restaurante, uma boa peça, uma boa exposição. Sinto muita saudade da minha família e amigos! Amo SP! Mas meus pais continuam morando lá, então, a cada 15 dias, volto para a minha cidade!

IG: Como foi interpretar uma prostituta? O que você aprendeu com esse personagem?

G. E.: Foi maravilhoso! Aprendi muito, principalmente a não julgar as pessoas!Fiz um laboratório no qual conheci muitas garotas de programa, muitas histórias e trajetórias. Conheci uma mulher em especial que tinha filho, marido e era garota de programa. Uma história muito triste, mas nem por isso essa mulher tira o sorriso do rosto. Uma grande história de vida!

IG: Você casou com o ator Bruno Gagliasso (que além de ótimo ator é muito assediado pelas fãs). Você é ciumenta?

G. E.: Um pouco de ciúmes é natural em todos os casais, mas não muito, senão fica chato, a relação tem de ser gostosa, tem de ter confiança.

IG: Como você imagina estar daqui a 10 anos?

G. E.: Em uma casa com um belo jardim, meu marido, dois filhos,meus cachorros e muita paz!

IG: Os marmanjos de plantão não conseguem achar defeito em você. E você, enxerga algum?

G. E.: Vários, mas não vou contar, senão vão começar a reparar (risos)!

IG: Vamos falar um pouco de tecnologia... Você se lembra de qual foi o seu primeiro contato com ela?

G. E.: Sim, foi o ICQ!! Ficava horas conversando com os amigos. Como eu era muito tímida, me dava melhor com cartas, mensagens, do que falar pessoalmente! Hoje em dia, não sou assim, prefiro o contato com as pessoas, olho no olho!

IG: É daquelas pessoas conectadas que fica on-line quase o dia todo?

G. E.: Não. Não tenho tempo. Gostaria de ficar mais conectada!

IG: Participa das redes sociais? Quais as vantagens e desvantagens dela?

G. E.: Participo. As vantagens são: manter contato com amigos de infância e ficar mais próximo das pessoas que gostam do meu trabalho, que são tão queridas e carinhosas. Não vejo desvantagens.

IG: Se pudesse, com apenas um clique do mouse, mudar algo no mundo, o que seria?

G. E.: Acabar com a miséria no mundo e dar uma vida mais digna para todos!

IG: E em você, o que mudaria?

G. E.: Meu perfeccionismo que às vezes me atrapalha

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.