Tamanho do texto

Uma festa não é só uma festa nas mãos de Fabiana Milazzo. Um vestido tem um significado muito maior

Fabiana Millazo
Fotos: Divulgação
Fabiana Millazo

Cristais, pérolas, rendas e bordados fazem parte do universo criativo e festivo de Fabiana Milazzo, estilista mineira que está afrente da grife homônima e deu um novo ar aos grandes eventos que pedem muita sofisticação, trabalho que lhe garantiu receber a maior premiação do estado de Minas Gerais na categoria de Mulher do Ano. Suas criações são ótimas amigas para acompanhar as clientes noite adentro, proporcionando uma nova experiência de moda no universo das festas. Fabiana bateu um papo com a Profashional e dividiu com nós um pedaço do seu universo, além de detalhes da sua parceria com o projeto “Mulheres de Renda”. Confira:

Profashional: Quando começou o seu contato com a moda festa?

Fabiana Milazzo: Desde o início da marca, mas se intensificou com a minha participação no Minas Trend, em Belo Horizonte, que tem fortes marcas da moda festa.

P.: O que tem de diferente nesse nicho da moda?

F.M.: A moda festa requer bom gosto e sofisticação para que tenhamos peças elaboradas e ao mesmo tempo elegantes.

P.: Você acredita que a relação das mulheres com a moda festa mudou através do tempo? Por quê?

F.M.: Com o forte apelo das mídias sociais, hoje as mulheres se preocupam em vestir-se bem, em esconder as imperfeições do corpo, buscando shapes e peças que valorizem o que elas têm de mais bonito para que fiquem melhores nas fotos. Por exemplo, senti que o vestido de festa com manga longa está entre os preferidos, pois deixam a mulher mais elegante para as fotos.

P.: Hoje, qual é a preferência delas?

F.M.: Todas as mulheres querem estar lindas quando vão a uma festa e querem ser "a mais bonita", gostam de decotes, com vestidos mais justos. Existem também as que gostam de modelos mais clean, mais fluidos, em tecidos nobres. Atualmente, tem tido um grande aumento de eventos durante o dia, nas praias, e as mulheres têm procurado cores claras e tecidos leves, que ainda assim são bastante elaborados.

P.: Qual a marca registrada das suas criações?

F.M.: São peças muito elaboradas, femininas, sofisticadas e que despertam desejo.

P.: De onde vem a inspiração para criar os vestidos?

F.M.: As inspirações são as mais diversas e seguem a temas específicos, sobre os quais conto uma história. 

P.: Qual modelo de vestido nunca sai de moda?

F.M.: Existem momentos em que algum modelo está mais em evidência, em outros momentos menos. Portanto, não existe modelo que nunca sai de moda, a moda em si, muda muito. Por mais que eu faça peças que acredito que sejam atemporais, sempre têm algumas que despertam mais desejo em determinado momento.

P.: Conte pra gente um pouco da sua parceria com o projeto “Mulheres de Renda”

F.M.: O Projeto “Mulheres de Renda” foi idealizado por mim em parceria com a ONG Ação Moradia. O projeto busca melhorar a qualidade de vida das famílias em situação de vulnerabilidade social num dos bairros mais carentes de Uberlândia, o Grande Morumbi. São desenvolvidas ações de formação profissional e atividades de promoção social, voltados à profissionalização, visando à integração na sociedade, a melhoria da qualidade de vida e ao pleno exercício da cidadania.

P.: O que é o verão 2017 de Fabiana Milazzo?

F.M.: Pesquisei a fundo o universo grunge e aliei a rebeldia do movimento ao romantismo que lhe é característico. A junção dos dois universos traz peças delicadas em tons pastéis, bordados, rendas e pérolas, que se unem a uma pegada destroyed, com camisas xadrez e acabamentos desfiados. O resultado é uma coleção totalmente repaginada, descontraída e marcante.

P.: Para você o que é ser Profashional?

F.M.: Ser Profashional é uma buscar constantemente melhorias, é uma necessidade básica para ter sucesso, transpor os desafios e atingir os objetivos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.