Tamanho do texto

O estilista e empresário Amir Slama, um dos maiores nomes do mundo fashion, destacou em palestra nesta quarta-feira (6) para alunos do SENAI CETIQT, a sensualidade, as cores e o olhar brasileiro para a moda, que encantam o mercado internacional.

Almir Slama
Divulgação
Almir Slama

Desde a Rosa Chá e hoje com marca homônima, reconhecido por trazer um olhar singular para a moda praia, Amir ressalta que essa identidade brasileira tão peculiar, vinda da mistura ímpar de credos e raças, se traduz na criação de suas peças e é o grande diferencial que cativa os consumidores estrangeiros; ponto chave para o desenvolvimento de suas coleções.

“O público brasileiro entende de moda, gosta de moda e essa situação que a gente vive hoje, de crise, falta de recursos e redução do consumo, vai passar. As pessoas vão voltar com ‘fome’ de consumir roupa. Então tem que aproveitar e criar, tentar inovar o máximo que puder”, disse o estilista que complementa:  “Estamos vivendo a era da mudança e moda é isso. O estilista deve ser um radar, que procura o tempo todo traduzir as vontades e desejos do consumidor e levar isso para a moda; mas lembrando que hoje o consumidor está mais consciente”, afirmou, estimulando os novos profissionais a investirem na criatividade e inovação.

Desde 2011, Amir cria peças para a marca italiana Yamamay, que firmou uma parceria com o SENAI CETIQT para que seus alunos façam um estágio de três meses nas instalações da empresa, em Milão. Por meio de um concurso, os diretores da Yamamay selecionam anualmente os estudantes. Cada aluno inscrito no concurso desenvolve uma coleção moda praia que é avaliada por sua criatividade e aplicabilidade. A grife possui mais de 600 lojas espalhadas pela Itália e por todo o Mediterrâneo.

Durante sua exposição no campus Riachuelo do SENAI CETIQT, Amir Slama mostrou imagens de suas últimas coleções para a Yamamay e falou sobre seu trabalho de criação de modelos e estampas exclusivas para a marca, com influências – quase sempre brasileiras - na arquitetura urbana, natureza, grafite e em celebridades como Carmem Miranda e Leila Diniz. Para o mercado interno, Amir comercializa moda praia de luxo por meio de sua marca homônima, em três lojas no Brasil, mas revelou que também cria peças exclusivas para alguns clientes.

Na segunda parte da visita ao SENAI CETIQT, o estilista se reuniu com alunos que estão participando do concurso Yamamay para acompanhar o processo criativo dos candidatos e dar dicas de como evoluírem em suas criações.

“Esses encontros trazem o mercado para junto da escola. É fundamental que os alunos possam conversar e dialogar com profissionais atuantes no segmento. É isso que faz a inovação do ensino hoje. Não é mais só a sala, o ateliê, o professor por si só. É isso tudo somado à visão de mercado”, conta Marco Lobo, Coordenador de Design do SENAI CETIQT

“Este é um espaço surpreendente. Poder pesquisar tecido, estampa, textura e as diversas fases da produção de uma peça. É um presente para todos que trabalham com moda”, concluiu Amir Slama sobre as instalações do SENAI CETIQT.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.